segunda-feira, 16 de outubro de 2017

[ Resenha ] A vez de Anne da Mônica Meirelles



Ano: 2015
Páginas: 300
Idioma: português 

Gênero: Romance / Drama
Editora: Amazon


[ Sinopse ]

O problema não é estar grávida do ex que Anne não ama mais. O problema também não é se apaixonar por um homem mais velho, estranho, que do nada some e não se explica. 
O problema é estar grávida e perder a liberdade, é ver as pessoas que ela considera amigos lhe virarem as costas, é ser traída, ser enganada, é se sentir insegura e abandonada, é não saber o que esperar das pessoas e da vida. No entanto, o problema, antes de tudo, é precisar fazer escolhas e não saber que escolhas fazer, escolhas essas que possibilitará ou não a sua vez de ser feliz, A vez de Anne.


[ Resenha ]

 Anne, uma adolescente entrando na vida adulta, confusa como qualquer outra pessoa se vê apaixonada pelo gato da escola, o Vitor. Começa a nutrir uma paixão por ele e a mudar e querer chamar sua atenção pra si. Eis que deu certo! O gato da escola a notou e a partir daí começaram a namorar. 
 Anne, após 7 anos, onde tudo parecia perfeito, vê seu relacionamento acabar ao descobrir a traição do seu namorado, e pior, a traiu com sua amiga. Ela vê seu mundo desmoronar e mesmo assim decide seguir em frente.
 É Carnaval e Anne vai com sua família e sua melhor amiga Lucy para outro estado relaxar e se divertir. No meio da muvuca, cores, música aparecem muitos caras com propostas tentadoras, porém Anne se mantém firme e infelizmente também não sabe como lidar com tanta novidade, pois passou 7 anos com o Vitor, dedicando-se a um amor que no fim das contas, só ela dava valor, só ela cuidada e vivia. Era como não saber mais caminhar com as próprias pernas. 
 No meio da bagunça carnavalesca, surge um homem que abalou suas estruturas desde a primeira vez que o viu. Parecia um deus grego de tão lindo! E é nesse momento do livro que você queria uma amiga como a Lucy hehehe (não vou dar spoiler). O nome do "deus-muso" ? Daniel. Nome de anjo né e meu xará! No meio de tantos desencontros e encontros em um curto espaço de tempo, Anne se envolve com Daniel e vivem um romance de Carnaval, que como todo romance assim a duração é mínima, mas que marcou sua vida para sempre! 
 Não esperava que em meio a tantos acontecimentos se descobriu grávida do seu ex, o que parecia um carma, não pela criança, mas pela situação. 
A partir daí há muitas reviravoltas, muito drama, mas você acompanha cada passo da Anne, seu crescimento e transformação.
 Por vários momentos me identifiquei com ela e me vi em situações bem parecidas o que por várias vezes me fez derramar rios de lágrimas, pois já me vi na situação de gravidez na adolescência e sentindo-se sozinha, pois os ditos amigos sumiram todos, como se eu tivesse uma doença contagiosa, mas que na verdade não eram meus amigos de fato. 
 Ela está na busca de saber quem é e o que quer e é nessas fases (que todo mundo passa) que nos faz refletir quem somos de verdade e a compreender que cada um tem seu caminho sem precisar perder a sua essência. 
 Assim como a Anne, também cai na minha própria armadilha de querer a felicidade de todos e esquecer da minha, pois isso pouco importava, mas a vida tem dessas coisas. 
 Amei o livro!!! É ótimo para quem está se auto buscando emocionalmente! É um romance bem contemporâneo e com a cara da realidade da geração atual. 
Tem conflito, gravides na adolescência, treta, briga, família, amor e isso fez dele tão maravilindo! Recomendo! 


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

[ Resenha ] Eu prometo tentar de Andreia Nascimento





Ano: 2017 / Páginas: 445
Gênero: Romance / Drama
Idioma: português
Editora: Independente


 O li em Ebook. 

 Link para compra na Amazon: https://www.amazon.com.br/Eu-Prometo-Tentar-Promessas-Livro-ebook/dp/B074JCN5HK/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1507839026&sr=1-1&keywords=Eu+prometo+tentar


  [ Sinopse ]  

Meu nome é Maxine e esta é a história da minha vida.

Uma vez eu disse que tentaria viver a minha vida da melhor forma que pudesse e não seria uma possível alteração celular que não permitiria me sentir viva. Mas de tudo o que prometi tentar viver, o amor não estava nesta lista. Eu vi o que a perda de uma pessoa que você ama pode causar em uma vida e eu posso até não sobreviver ao erro da natureza, mas eu prometo viver.

Meu nome é Pedro e esta é a história de como a Maxine virou a minha vida.

Eu não estava procurando por nada disso, se alguém me perguntasse o que eu estava buscando isto não estaria na minha lista. É um costume de as pessoas fazerem listas, terem sonhos e, principalmente, medos. E hoje, tudo o que nunca sonhei e nem mesmo desejei, se tornou o meu maior medo. Eu só sei de uma coisa; eu não posso perdê-la.


  [ Resenha ]

 Pelo título já suspirei desde que o vi!
 Alerta! Você irá acabar com todos os lenços existentes a partir do momento que começar a ler o livro! Me deixou em pedaços irrecuperáveis, me abalou, emocionou, me estraçalhou e foi para a minha lista de preferidos! Siiiim! Porque é lindo demais!

 O livro é narrado pela perspectiva de Maxine e Pedro.
 Maxine é estudante de medicina, mora com seu primo Liam e sua namorada Carol, também futuros médicos. Carol não é só sua melhor amiga como sua confidente e da qual compartilha seu amor por séries e livros.

" Eles são as pessoas que eu chamaria para enterrar um corpo - vejo suas sobrancelhas se arquearem com a menção de um crime - Todo mundo tem que ter amigos que não questionam um ato. Apenas estão ali para jogar terra sobre um crime cometido." 

 Maxine é herdeira de um hospital presidido e coordenado pelo seu pai, o Heitor, um Neurologista muito conhecido e também um amor de pai.
 Pedro é sócio - proprietário de uma empresa de Software em conjunto com seu melhor amigo Davi e sua ex-namorada Tainá. Sim! Ex - namorada e eles são amigos e os três dividem o mesmo apartamento. Juro que gostaria de possuir essa maturidade e naturalidade do Pedro, pois os céus sabem como tento hehehe
 Farta da insistência de seu ex-namorado em querer reatar, Maxine comete um ato um tanto ousado e inusitado até para ela mesma na tentativa de afastar de vez Matheus da sua vida: beijar um estranho em um bar. O estranho? É o Pedro que acaba confuso com a situação, mas ao mesmo tempo fascinado por aquela mulher que nem sequer disse seu nome.
 Maxine, apesar de rica, não faz o estilo patricinha esnobe e isso me encantou desde o começo! É motoqueira, adora livros de romance de época, apesar das neuras, pois após 5 anos de relacionamento com o Matheus, não pretende mais se envolver com ninguém. Ela é simplesmente perfeita nas suas imperfeições e isso a torna única e a fez se tornar a minha crush literaria!!!  Fora que no decorrer do livro é admirável, mesmo mediante tanta dor, o seu poder de superação, mesmo nos altos e baixos. Sua sabedoria em lidar com situações e questões que até eu mesma questionei minha capacidade mental e emocional.

" Maxine, a mulher de gostos peculiares. A garota que anda de moto é lê romance de época. Uma caixa de surpresa bem atraente." 

Concordo com você, Pedro!

 O Pedro é o cara inteligente, bonito e charmoso no seu jeito "certinho" de ser, mas é tão fofo quanto a Maxie e sensível. É um amigo que qualquer pessoa gostaria de ter! Mas não contava ele que um beijo o sacudiria ao extremo.

" Ela está focada no céu, como se contasse quantas estrelas tem ali. Logo muda o foco para as folhas das árvores balançando energicamente. Ela é calma e agitada na mesma figura. Parece mais sofrida do que realmente demonstra. Fico observando seus cabelos balançarem com o vento. Ela não tenta domar, parece apreciar a bagunça do vento no topo da sua cabeça. Seus cabelos louros parecem ter luz própria. Mesmo sendo pintados caem perfeitamente, como se fosse a cor perfeita para ela. "

 Maxie tenta fugir do sentimento que surgiu desde o ocorrido no bar, mas o destino parece pregar peças para se esbarrarem e até o Pedro fica balançado, mas Maxie não quer, e na sua concepção, não pode se envolver, pois fez uma promessa a si mesma, porque não acha justo arrastar mais alguém para seu futuro incerto e cheio de dor e sofrimento.

" - Só estava sem fazer nada - me sinto estranha agora. Porque só neste momento eu vim perceber essa necessidade de estar com ele, mesmo quando eu grito e tentou me convencer que não é o que quero." 


"  Por que algumas pessoas têm essa capacidade tão superior de nós fazer bem? Estou entregue, e o único pensamento que habita minha mente é: Como irei conseguir parar de fazer isso?. " 

" Queria saber o momento exato que virei esse amontoado de contradição. Tão perdida em mim, me encontrando nele, em seu toque, no seu beijo com promessa dê cura. Parece que estou pedindo demais, enquanto na verdade ele está me dando o que eu nem sabia que precisava. " 

A história possui muito romance, amizade verdadeira, superação, família, conflitos e é emocionalmente apaixonante em todas as suas nuances! Quando você pensa que já se recuperou de uma cena, em seguida vem outra pra te mostrar que você vai se emocionar e chorar ainda mais hehehe
 É um livro que você torce junto, se irrita algumas vezes, chora, se emociona, chora, ri, chora de novo, se emociona mais... Mas é muito lindo! Tem um quê de força, vida e muito amor!!!
 Nem preciso dizer que amei, né?!
 Recomendo muito!!!



segunda-feira, 25 de setembro de 2017

[ Resenha ] Trilogia Certezas do amor da Andreia Nascimento




Páginas: 254
Gênero: Romance / NA
Editora: Amazon
Idioma: Português


[ Sinopse ]

 Este livro consiste na junção de dois contos e um livro.
10 Certezas que te amo
Anita sempre sonhou e esperou por esse dia. O grande dia, onde ela finalmente se casaria. Quem não espera por isso? O problema, que surgiu pouco tempo antes do “sim”, é que Anita, da mesma forma que sempre esperou pelo dia, sempre soube que hesitaria. As dúvidas começam a surgir. Será que é isso mesmo que ela quer, ou ela só está casando por comodismo?
 Bem, a resposta está escondida em algum lugar. 
 Em algum lugar bem planejado por seu noivo, Thomas, que, conhecendo muito bem sua futura esposa, já esperava que as dúvidas aparecessem. Sendo assim, Thomas bola uma estratégia que mostrará à Anita que o que eles têm está longe de ser algo simples.
Minha versão para Alice
 Alice é bem resolvida e achou que seria imune aos encantos de Igor por muito tempo. Ela só queria umas noites de diversão, mas seu coração a traiu e tudo isso virou uma bagunça sem tamanho. 
Igor teve seu coração quebrado e não sabe como irá fazer para confiar no amor novamente. Até que seu melhor amigo o convence que a melhor forma é encarar o passado e ver que aquele ódio pode ser reparado e que ele pode, sim, amar novamente.
Nem mais um segundo
"Alguns demoram anos para se apaixonar, para Camila, isso durou apenas cinco minutos."
Camila acredita que coração partido precisa de outro amor para ser curado e não tem medo de arriscar. O objetivo é viver uma vida plena. Após o termino de seu namoro, ela sente-se livre e em paz consigo. Ela tem um futuro pela frente e sabe disso, mas nesta noite tudo o que ela quer é ir para o jantar com seus amigos, a sua família. Mas as coisas não acontecem como Camila imagina, e um encontro de uma simples noite pode mudar o rumo de sua vida.

[ Resenha ]

10 certezas que te amo

 Essa primeira história consiste no romance de Thomas e Anita.
 Às vésperas do casamento, Anita começa a surtar, pois começa a achar que não está preparada para esse passo tão importante, apesar de já estar com Thomas a 10 anos. Anita fica bem insegura a cerca do futuro, apesar de terem um relacionamento bacana fica a repensar se está agindo certo e se é isso que irá querer para o resto de sua vida.

"  Mas ele sempre foi essa pessoa, ele sempre parece sentir tudo em uma escala maior. Tenho medo que ele me ame mais do que eu o amo." 

" Ele sempre foi uma a melhor parte do meu dia, ele sempre foi a pessoa que eu queria correr para contar a mais besta novidade ou melhor conquista, nós nos tornamos um, mesmo quando eu estava sozinha eu me sentia confortável, porque eu sabia que em algum lugar uma pessoa me amava tanto quanto eu amava ele. "


 Thomas, por conhecer tão bem sua querida Ani, planejou uma surpresa fantástica e uma forma de fazê-la enxergar o seu amor por ela e deixá-la tranquila e claro demonstrar o seu a! Escreveu 10 cartas contando sua versão desde que a conheceu até o momento presente.
 Ani foi surpreendida um dia antes do casamento por sua cunhada Camila a adentrar sua casa com uma sacola cheia de coisas direcionadas a ela e as lindas cartas... E por ai começa a história.
 Esse conto é tão arrasador! É tão perfeito que me fez chorar desde o começo. Thomas é muito lindo e confesso que se tornou meu crush literário hehehe Só o divido com minha amiga Orlanna Shelsea do ig @lanna_literaria 


Minha versão para Alice 

 Alice e Igor são amigos, mas possuem uma amizade colorida daquelas de tirar o fôlego, que não rola o lance de romance, sentimento e cobranças, é apenas físico. 
 Os encontros casuais viraram rotina e Alice se viu cada vez mais envolvida em seus sentimentos por ele e até confessou sem querer o que sente, o que fez Igor recuar e ir embora, pois não fazia parte do acordo se apaixonar.  
 Igor faz o tipo do cara " gato-rockeiro-motoqueiro ", empresário e é lindo, mas me deu uma raiva dele! (kkkkkk) Ódio mortal! Tudo bem que ele tinha seus motivos para não querer se envolver mais, pois o seu coração não só foi pisado, como estraçalhado. Mesmo assim ele foi muito babaca com Alice. Pronto, falei! ( kkkkkkk) Senti muita vontade de bater nele! Tadinha da Alice, sofreu demais! 
 Alice é psicóloga
 Sei que cada pessoa tem uma maneira de ver as coisas e de sentir e que por muitas vezes até eu já me fechei para o mundo, mas Igor e Alice sabiam dos riscos e acharam que poderiam fugir deles. 

" - Deixe de ser otário - Thomas continua - você vai perder tudo de bom da sua vida porque a única coisa que você pensa é sobre como alguém lhe machucou. E daí? " 

 Confesso que eu teria sido bem mais dura com ele do que o Thomas. 
 Mas gostei muito da história. Só não me convenci de gostar do Igor! (kkkkkkk) 


 Nem mais um segundo 

  Camila, irmã de Thomas, Professora de Física,  após tanto tempo, vê seu relacionamento com o Vitor acabar e pensava ela que passaria o resto da vida com ele, se enganou. A vida tem dessas. 
 Camila, ou melhor, Mila,  não se deixou abalar, pois já estava empurrando com a barriga faz tempo o seu relacionamento, mas como todo término, nada é fácil. Vestiu o seu melhor vestido, maquiou-se com capricho e foi se divertir com sua verdadeira família e não esperava que tão cedo alguém já abalaria suas estruturas. 
  Gustavo, irmão mais velho de Igor, tão gato quanto, Delegado Federal, passou muitos anos com a cara nos livros para conseguir chegar onde chegou e por esse motivo não era tão "popular" e na rodinha dos amigos de seu irmão, que eram seus também, mas que faz o tipo "gato - galinha - cachorro - papagaio... ", ou seja, pegador nato!
 Camila e Gustavo se conheceram no jantar promovido em sua casa,  para os amigos de seu irmão, e desde então ele não conseguiu arrancar Mila da sua cabeça e a viu como um delicioso desafio que estava prestes a desvendar. 
 Mila possui uma lista de coisas que pretende fazer, se apaixonar à primeira vista, beber tequila as nove da manhã, dentre outras coisas loucas, mas não contava que vários itens de sua lista seriam completados tão rapidamente. Adorei os itens da lista dela! Me deu a idéia de fazer algo parecido... 


" Eu quero viver - digo, como se confessasse algo profundo - Eu quero viver de verdade, quero chorar pelo coração partido, mas também quero me apaixonar de novo. Eu quero me apaixonar todos os dias, por alguma coisa ou por alguém. Eu acho que a vida nos ensina uma lição cada vez que saímos para viver. " 


 Será que " Seu gatão " e " Dona exagerada " vão dar certo?! ( sim, eu dou apelidos a personagens)  Tem tanta treta nessa história... Tantas diferenças... Tantos acontecimentos que colocarão em prova o destino dos dois. 
 Foi uma história bem criativa e entrelaçada em vários pontos com as de Thomas e Anita, Igor e Alice. E achei bem parecido com uma série bem antiga de nome " Barrados no baile" (acabei de denunciar minha idade kkkkk). Amei o desfecho e confesso que não esperava por ele, foi bem melhor do que imaginei!

 Amei a Trilogia Certezas do amor e recomendo muito!!! É um amorzinho! 
 Obrigada Andreia pela oportunidade de conhecer suas obras!


[ Resenha ] A Fada negra de Crys Magalhães




Ano: 2016 
Páginas: 126
Idioma: português 
Editora: Chiado

[ Sinopse ]

 Yago, um garoto de 13 anos tem uma missão arriscada. Os habitantes de Éder, contam
lendas sobre fadas e criaturas mágicas, o que eles ainda não sabem, é que esta “Lenda” é real. Tudo não passaria de “lenda”, se Elvira não fosse má e rebelde a ponto de querer dizimar tudo que é belo. O Reino de Éder está por um fio, e somente o sucessor de Anselmo poderá salvá-lo. O maior desafio do garoto é saber sua origem, e posteriormente, descobrir alguns mistérios sobre os dons dos homens de sua família.

 Esta aventura é o inicio da revelação sobre um mundo inimaginável...

[ Resenha ]


 A História se passa no reino de Éder, em meio a floresta e raras rosas azuis. É habitado por camponeses que levam uma vida simples, mas cheia de alegrias, apesar de algumas dificuldades, como qualquer pessoa ao redor do Castelo do Rei Arthur, que mesmo sendo rei é uma pessoa de uma humildade incrível e isso nota-se ao decorrer do livro.
 Yago e Peter são um dos personagens principais. Não sabiam eles que um dia embarcariam em uma aventura regada a muita magia. Magia essa que nem eles e nem ninguém do vilarejo de Zafir acreditavam existir, achavam ser apenas fantasia da cabeça de uma mente fértil.
 Por muitos anos em um reino paralelo, as fadas mantinham a paz e harmonia do Reino de Éder, mas nem sempre fora assim.
 Lara, Rainha das fadas da luz e a mais bonita dentre elas, aprisionou por anos a Fada negra de nome Elvira que já tentara dominar todas as criaturas do mundo das fadas e também do Reino, porém um dia, Elvira fora libertada e dai se inicia, para os pequenos e bravos Yago e Peter, a missão de derrotar a obscura e malvada Rainha das Fadas negras.
 E Em meio ao caos também existe romance, pois o Rei quer casar a sua filha Rosa, também tem amizade verdadeira e segredos guardados a sete chaves.
 Anselmo, avô de Yago, também é um dos destaques do livro com seu conhecimento do mundo mágico das fadas, lendas e sabedoria.
 A pergunta que não quer calar... O que será que tem no fundo do Rio verde? Só saberemos no próximo livro.
 A história possui aquele ar de jornada do herói! Te prende do começo ao fim. É um livro para o público juvenil, mas qualquer pessoa que o ler vai achar fantástico!
 O que me chamou bastante atenção na história é que a autora não é de descrever fisicamente os personagens, deu preferência á personalidade, o que faz com que cada pessoa use a imaginação de uma forma livre e se encante pelo livro mais ainda. Isso para o leitor, na minha opinião, é maravilhoso, pois dá liberdade de idealizar de forma particular cada um, com excessão de Elvira que estampa a capa do livro que é maravilinda!
 Ah! Não esquecendo do Dymi, que é um duende muito sapeca e divertido que me tirou risadas com sua maneira peculiar de fugir de situações perigosas e se meter em algumas confusões por causa da sua eterna curiosidade. É um amor de duende!
 Pra finalizar, super indico esse livro e estou ansiosa pela continuação: A Fada Negra O segredo do cristal que virá com muitas revelações de acordo com a própria autora.
 Obrigada Crys pela oportunidade de conhecer sua obra! Amei! Muito feliz! Ansiosa para começar a ler a continuação.





domingo, 27 de agosto de 2017

[ Resenha ] 11 vezes madrinha nenhuma vez noiva de Mônica Meirelles




Ano: 2016
Páginas: 511
Gênero: Romance / Chick-lit 
Editora: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda

[Sinopse ] 

Miga sua loca! Como assim você não quer casar?
Melissa é uma mulher independente, disputada, querida, bem resolvida. Embora todas suas amigas estejam casadas, o que consequentemente causou sua benção em 11 casamentos, Mel não se importa em ainda não ter encontrado o seu "match" mesmo que esteja chegando aos 30. Afinal, Mel é uma solteira que nunca está só! E ela adora isso!
Porém, quando recebe o convite para ser madrinha do casamento de um casal de amigos, inicialmente, Mel fica muito feliz, afinal foi ela quem uniu esse casal. Ela só não imagina que a convivência com a noiva vai fazê-la enxergar que Renata não é mulher certa para seu amigo, Marco, quem há anos atrás ela costumava beijar. Assim, Mel vai tentar de tudo para ferrar com esse casamento.


[ Resenha ]

 Assim como o próprio título diz, a Melissa foi madrinha de casamento 11 vezes, de amigas e primas e nunca se viu no papel da noiva, pois sempre foi muito independente e dona de sua vida, então pra quê se apegar, já que pegar e não se apegar é mais gostoso?!
 Mel é uma mulher bem sucedida, nos seus 26 anos já possui seu próprio negócio. É proprietária de uma loja, a Beijos da Mel, um Atelier que confecciona, aluga e vende vestidos de casamento (parece ironia), embora não seja costureira possui os melhores amigos do mundo trabalhando com ela, sim, amigos, pois ela não os vêem apenas como meros funcionários, são como parte de sua família.
 Em nenhum momento passa na cabeça da Mel casar-se e isso causa até um certo asco da parte dela.Prefere sua liberdade á um relacionamento que no fim dará em fracasso.
 Rê, a sua única "amiga", com aspas, pois a vê mais como colega já que não a conhece muito bem) solteira no momento e vai se casar com seu amigo e ex peguete, Marco. Ele é o sonho de qualquer mulher, pois além de lindo, atencioso, carinhoso é amigo para todas as horas.
 A Rê e o Marco convidam a Mel para ser sua madrinha de casamento. Será o 12º casamento em que será madrinha mais uma vez. De cara a Mel ficou abalada com isso, apesar de não ter nada mais que amizade com o Marco, a deixa balançada por sentir tal sentimento, que é um tanto incompreensível.

" Desde que ele e a Renata começaram a ficar, que me afastei quanto a abraços e beijos. Acho que fica estranho, visto que já tivemos alguma coisa. E agora, aqui nos braços dele, eu penso quanta falta ele faz, Deve ser carência, Mel. Preciso de um boy magia para ontem! "


 A Mel fica ressentida com a Rê, pois ela em nenhum momento quis que o seu vestido de noiva fosse confeccionado pela sua loja e muito menos demonstrou que o faria, preferiu outro Atelier, o que a deixou chateada, embora ela não demonstre.
 Marco é um cara bacana e que mesmo após muito tempo continua amigo da Mel. A amizade dos dois é muito bonita e o que gostei, que apesar do que ocorreu, souberam separar bem as coisas. Infelizmente é difícil ver isso hoje em dia. Adorei a maneira em que foi construída a amizade!
 No começo da história é notável que tem algo errado com a Rê, mas a Mel e o Marco são os únicos a acharem que ela é só alguém que carrega muitos traumas, é muito solitária de amigos e afeto e agora está grávida e sentindo-se desamparada. Isso você vai perceber logo de cara, pois o recepcionista da loja, o Zeca, que é amigo e confidente da Mel destila seu veneno quando o assunto é a Rê, mas daí ele é mais um que quer que ela enxergue de verdade a tal amiga que não passa de uma invejosa.

" - Ah, não é bem assim, - Levando o rosto e reviro meus olhos. E ele deu para ofender mesmo a Renata agora.
   - E como é, gata? Me explica. Porque a única coisa que eu consigo ver é uma vadia aproveitadora disfarçada de noiva! "

 Aos poucos a Mel começa a perceber que a namorada e quase esposa do seu amigo não é esse poço de doçura, que tem muitos segredos e mentiras guardados ali e que ela não medirá esforços para descobri-los, pois poucos dias antes do casamento, alguém aparece em sua loja e a faz desvendar algo do passado da Rê e se vê no impasse de contar ou não contar ao seu amigo.O que fazer? Também já me vi nessa situação da Mel.
 A leitura foi bem rápida, embora estava sem tempo, mas amei e é bem divertida também. Por vários momentos dei risada com as situações que a Mel se metia.
 É uma história que me surpreendeu bastante com o desfecho, foi bem escrita.Recomendo muito!!!
 Muito Obrigada Mônica pela parceira e me dar a oportunidade de conhecer o seu trabalho!



quarta-feira, 19 de julho de 2017

[Resenha] Olhos de jade de Andrea Marques




Páginas: 487
Idioma: português 
Editora: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda.


Leia a Resenha de Amor de Cordel aqui do blog.Primeiro livro da autora Andrea Marques.

Site da autora:  www.escritorandreamarques.com.br 
Página do Facebook da autora:  https://www.facebook.com.br/Andrea-Marques-188455781514017/
Instagram da autora: 
https://www.instagram.com/escritora_andreamarques/


[Sinopse] :

 Alexandre Bastos tem tudo o que um homem pode querer. Beleza, dinheiro, reconhecimento profissional e uma extensa fila de mulheres aos seus pés.
Tudo é perfeito até o seu aniversário de vinte e sete anos, quando Alexandre recebe um presente inusitado, que o conduz até Carolina Borges, uma terapeuta ocupacional poderosa o bastante para despertar no jovem sensações completamente novas.
A princípio, Alexandre enxerga naquela mulher mais velha e experiente apenas sua beleza, e um desejo louco de inclui-la na sua coleção de conquistas começa a persegui-lo. Contudo o jeito doce e meigo de Carol é capaz de ultrapassar a camada superficial do playboy, até atingir seu coração, e quando menos espera Alexandre se vê totalmente apaixonado.
No entanto, o que poderia ser uma conquista fácil perante a sua experiência se mostra algo totalmente desafiador, tudo por conta das ideias preconcebidas de Carol, porém Alexandre é determinado e não desiste do que quer facilmente e desse modo dá uma guinada na sua vida com o propósito de conquistar o coração da mulher que o fascinou.
Para isso ele fará tudo e enfrentará todos os obstáculos, mesmo que isso signifique sacrificar amizades e romper com pessoas queridas, afinal para ele Carol vale todos os desafios.
Olhos de Jade é a versão masculina do romance Amor de Cordel, entretanto, apesar de contar os mesmos fatos do livro narrado por Carol, elementos novos e surpreendentes são trazidos à tona, mostrando que toda a história contada tem sempre pelo menos dois lados.






[Resenha] : 

 Alexandre Bastos é um arquiteto de 27 anos, loiro de olhos verdes cor de jade e muito gato (fora o fato de se aproveitar disso para levar pra cama a primeira que aparecer), e sim um galinha, mas ele é solteiro e bem sucedido, típico playboy (aparentemente) e vamos combinar: ele pode! Hehehe Mas não pense que é daqueles que iludem, pois ele é sempre direto e nunca se apegou a nenhuma mulher.  Apesar de vir de classe alta, Alexandre é uma pessoa humilde e verdadeira e odeia pessoas esnobes e que querem derrubar as outras. 
 Pois bem... Alexandre vem de uma família rica, dona de um império de cadeias de hotéis. Seu pai a todo momento insistindo para que seguisse essa carreira, mas em meio à viagens pelo mundo, ele se encantou por arquitetura e desde então passou a exercer a função que tanto o fascinou e com o tempo abriu seu próprio escritório, junto com o amigo Pedro. Conheceu o Pedro na faculdade e desde então são amigos confidentes e sócios. 
 Em um dia rotineiro visitando obras, ele caiu e machucou o punho, o que o fez procurar um médico amigo, o Vagner,  que possui uma clínica de fisioterapia e Terapia ocupacional onde começaria o tratamento, mas não contava ele que já no primeiro dia uma bela mulher o deixaria boquiaberto pela sua beleza e delicadeza, mesmo sem antes saber o seu nome, mas eis que para a sua surpresa e alegria a Dra Carolina Borges iria passar a acompanhá-lo no tratamento.Sim, a mesma mulher que o encantou desde o primeiro momento em que pisou na clínica. Alexandre tem convicção de que foi paixão a primeira vista e passou a querer chamar a atenção da Carol de "N" formas desde que passou a ser seu paciente, mas havia o fato de que ela era muito profissional e ética que o fez ficar inseguro, mas nunca desistir. 
 Infelizmente a Carol era muito resistente as suas investidas, o que despertava mais ainda o interesse por aquela mulher sensualmente misteriosa. Alexandre começou a achar estar louco, pois jamais sentira por mulher alguma o que estava sentindo pela Carol, jamais se viu nas malhas de uma paixão e amor avassaladores, o que fez até o seu amigo Pedro estranhar seu amigo tão mulherengo numa situação dessas, mas sempre a provocar o amigo em relação a isso e até a fazer piada. De qualquer forma o Pedro acreditava no sentimento do amigo, pois nunca o vira assim de quatro pneus arreados por uma mulher. 
 Alexandre passou a lutar em conquistar a Carol a todo custo, porque acredita que ela é a mulher da vida dele.
 Com o passar dos dias Confessou seu amor pela Carol e daí passaram a viver uma linda história, apesar dos pesares e insegurança da Carol por ser 11 anos mais velha e de classes sociais distintas, mas como todo bom romance que se preze, cheio de intrigas, tretas, tristezas, aventura e acontecimentos surpreendentes! 
 No decorrer da história, narrada na versão do Alexandre é perceptível as nuances do personagem, seus pensamentos, neuras, insegurança, porque apesar do machismo impregnado da sociedade de que homem também não ama e não sofre, é balela. Assim como a Carol em Amor de Cordel, o Alexandre foi um personagem bem construído do universo masculino e é notável sua personalidade e as mudanças ao se apaixonar, o ciúme por vezes excessivo para com a Carol, a forma de pensar e agir impulsivamente dignas dos homens. Ele simplesmente me surpreendeu com sua determinação em vários momentos! 
 Há outros personagens bem marcantes nessa história...O Ricardo irmão do Alexandre é um deles, mesmo que de forma negativa e que por vários momentos senti vontade de esganar kkkkkk Você que ainda não leu vai entender.
 Amei o livro!!! Recomendo!!!



domingo, 25 de junho de 2017

[ Anime ] Resenha Boku dake ga inai machi - A cidade onde só eu não existo






Escrito por: Kei Sanbe
Gênero: Fantasia, mistério, suspense
Data de publicação do Mangá: 4 de junho de 2012 – 4 de março de 2016 Volumes: 8
Exibição original do Anime: 8 de janeiro de 2016 – 25 de março de 2016 Episódios: 12

Sinopse:

 Satoru Fujinuma, 29 anos e aspirante a mangaká, volta no tempo sempre quando acontece uma tragédia em especial (sequestro / morte): é um fenômeno conhecido como "revival". Certo dia, sua mãe nota e suspeita a presença de um sequestrador - um assassino em série que cometeu crimes contra alguns colegas de infância de Satoru - por ela perceber e ter a mente aguçada, foi assassinada pela meliante a facadas de forma fria. O incidente despertou o "Revival", fazendo-o regressar 18 anos no tempo. Não apenas para salvar a mãe, como também seus amigos. A história se passa em 2006 e em 1988, quando viaja 18 anos para trás.


 Assisti por recomendação do meu filho, Ian Herick de 13 anos que assim como a mãe ama animes!Modéstia á parte, eu quem o trouxe para esse mundo ^^ Ah! E acabamos assistindo juntos.

 Satoru sonha em ter seus mangás publicados, trabalha em uma pizzaria no centro da cidade, mas leva uma vida normal até surgir o que chama de "Revival", quando começa a voltar no tempo no meio de acidentes que presencia e consegue salvar pessoas que teriam morrido ou se acidentado feio, o que até então nem ele mesmo sabe como começou a surgir, a provocar o fenômeno e qual o gatilho, mas o Revival começou de fato a funcionar após chegar em casa e presenciar a sua mãe, a Suchiko, morta no meio da sala de casa. Virou o suspeito principal do assassinato de sua própria mãe e foi ajudado pela sua colega de trabalho, a Airi Katagiri a se esconder, uma das poucas pessoas a confiar na inocência do rapaz.Ele então, em meio a fuga da Polícia ocorre o auge do seu Revival e retorna á 18 anos atrás, quando era criança e um mero estudante.



  Satoru nunca se conformou com o desaparecimento de colegas de sua escola, dentre eles a Kayo Hinazuki, uma menina solitária, sempre calada e que guardava segredos terríveis.Kayo era uma menina abusada e mal tratada pela mãe, que sempre a batia e a torturava.Numa noite de inverno e muita neve ela simplesmente desapareceu e o Satoru foi um dos poucos que notaram a ausência da colega. O mistério de seu desaparecimento nunca foi esclarecido, dentre outros.



" Quando eu ficar grande, grande o suficiente para ir a algum lugar sozinha, eu quero ir para uma terra que está longe. Eu quero ir a uma ilha distante. Eu quero ir a uma ilha que não tem pessoas. Eu quero ir a uma ilha que não tem dor ou tristeza. Naquela ilha, eu posso escalar uma árvore quando eu quero escalar, nadar no mar quando eu quero nadar e dormir quando eu quero dormir. Quando penso na cidade sem mim, sinto uma sensação de alívio. Quero ir longe, muito longe. " 
- Kayo Hinazuki

 Satoru se sentia culpado por não ter se aproximado da Kayo e de alguma forma ter evitado essa tragédia, mesmo com tão pouca idade, mas o Revival o fez se agarrar com tudo o que lhe restava para tentar alterar o passado.
 O anime por diversas vezes te faz repensar tantas coisas, dentre elas " Se eu tivesse esse poder de regressar ao passado e mudar algumas coisas? " Me fiz essa pergunta por várias vezes e dentre elas " O que eu mudaria? ". Não é só mais um anime para entreter, pelo menos no meu ponto de vista.
 Achei um anime de uma criatividade incrível!
 Desde o começo fiquei vidrada e sempre querendo desvendar o que aconteceria em seguida, se ele conseguiria salvar a todos e se haveriam consequências dos seus atos ao tentar mudar algumas histórias do passado.
 É um anime que possui apenas 12 episódios, mas se desfaça da idéia de " Só isso! É tão pouco."... Acredite, é algo perfeito, criativo e extraordinário! Recomendo demais!